Capitulo 01

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Capitulo 01

Mensagem por Admin em Qui Jan 07, 2016 12:30 am

Era uma vez...
 
TRIIIIIIIIIIIIIIIIIIIM – sinal de saída da escola.
 
ISABELA – Ai, amigaaa, hoje o Matheus vai lá em casa, jantar sabe?
GIOVANNA – Sério (sem graça), ah que bom amiga.
ISABELA – O que foi?
GIOVANNA – Ah, não é nada. Só meu pai que não dá muita atenção, e tenho que aguentar a minha madrasta.
ISABELA – Essa sua madrasta é uma velha chata, né?
GIOVANNA – Pois é (risadinhas)
MATHEUS (interrompendo) – Estou atrapalhando, meninas?
GIOVANNA – Não tá não.
ISABELA – Oi meu amorzinho. (se beijam)
GIOVANNA – Oooi. (risos) Já vou indo, tchau pra vocês.
ISABELA – Beijo, amiga.
MATHEUS – Mas já, Gi? Ok, tchau então.
 
Giovanna sai e deixa Isabela e Matheus sozinhos.
 
ISABELA – E aí, está preparado pra ir em casa hoje?
MATHEUS – Claro, vou adorar conhecer sua família.
ISABELA – Ah, sei bem.
MATHEUS – Então, nos encontramos mais tarde? Preciso ir pra casa me trocar.
ISABELA – Tudo bem, tchauzinho amor.
 
Os dois se beijam.
 
Quando Matheus sai Manoela e suas amigas, que são as mais inteligentes da sala aparecem e pisam sem querer no pé de Isabela.
 
MANOELA – Aiii, me desculpa Isaaaa...
ISABELA – Tem que ser você né? Não olha pra onde anda?
MANOELA – Eu já pedi desculpas, o que posso fazer pra ajudar?
ISABELA (pensando) – Hmmmmmm
ISABELA – Olha, toma esse lencinho aqui, agora abaixa e limpa o que você sujou.
MANOELA – Claro, se você pediu eu faço.
 
Enquanto Manoela se abaixa pra limpar, Isabela dá um empurrãozinho e a menina cai deitada no chão.
 
ISABELA – Hahahahaha mas é uma bocó mesmo. Pode ficar com o lencinho.
 
Isabela sai e todo mundo fica rindo.
 
MANOELA – Não sei por que ela faz isso.
GIULIA – Por que você se humilha pra ela, né?
MANOELA – Mas ela deve ter alguns problemas, eu entendo.
GIULIA – Ai ai, Manoela, você é muito ingênua.
 
[CASA DE GIOVANNA]
 
SANDRA – Chegou a margarida??? Porque demorou tanto? Já tá na hora de arrumar emprego, né minha querida? Ou acha que seu pai vai te sustentar até quando? Porque eu nem sua mãe sou. E tem mais...
GIOVANNA – Para por favor, vou pro meu quarto.
 
Giovanna vai pro quarto dela, se tranca e pega a foto de sua mãe, e começa a chorar.
 
GIOVANNA – Por que você me deixou?
 
Hugo bate na porta.
 
HUGO – Giovanna?
GIOVANNA (enxugando as lágrimas) – Oi Hugo, pode entrar.
 
Hugo entra.
 
HUGO – O que foi?
GIOVANNA – Tá muito chato ficar aqui com a Sandra, eu to tentando, mas não dá.
 
Sandra aparece na porta.
 
SANDRA – Querida, a porta da rua é a serventia da casa. Pode sair, não ajuda em nada mesmo.
HUGO – Cala a boca, bruxa ruim.
 
Hugo tira Sandra a força do quarto e fecha a porta na cara dela.
 
SANDRA – Hã? Como é mal educado.
 
No quarto...
 
HUGO – Não fica assim, mana, quando eu conseguir uma mulher rica, te levo junto comigo.
GIOVANNA – E o papai?
HUGO – O nosso pai não. Ele não merece, ou merece? Nunca está presente aqui conosco, e ainda trouxe essa mulher pra cá.
GIOVANNA – Mas é porque ele trabalha muito.
HUGO – Isso não é desculpa. Mas não fica assim, tudo vai mudar.
 
[CASA DE ISABELA]
 
ISABELA – Mããããe, cheguei.
SUSANA – Filha! Como foi a escola?
ISABELA – Ah, o mesmo de sempre. E aí, como estão os preparativos para o jantar de hoje?
SUSANA – A cozinheira está preparando tudo, minha querida. Vai ser top.
ISABELA – Uffa! Queria tanto chamar a Giovanna.
SUSANA – Aquela sua amiguinha? Credo, não deve ter nem decência pra comer.
ISABELA – Ah mãe, ela é uma exceção.
 
Mais tarde
 
Triiiiiiiiiim Triiiiiiiiiim
 
SUSANA – É a campainha
ISABELA – Deve ser ele, mas nem estou pronta ainda. Deixa eu ir pro meu quarto terminar de me trocar.
SUSANA - EMPREGADA, ATENDE!
 
SUSANA (cumprimentando) – Oi, meu querido.
MATHEUS – Oi, senhora.
SUSANA – Pode me chamar de sogra. Esses são seus pais?
MATHEUS – São sim. Mãe e Pai, essa é a Susana, mãe da Isa.
MARTA – Prazer.
RICARDO – Olá, é um prazer te conhecer. (beija a mão).
SUSANA – O prazer é todo meu. Fiquem a vontade.
 
Eles se sentam a mesa de jantar.
 
MATHEUS – Cadê a Isa?
SUSANA – Ela tá termi...
ISABELA (descendo as escadas) – Eu estou aqui.
MATHEUS (levantando) – Como você está...
 
Silêncio
 
ISABELA – Estou?
MATHEUS – Linda!
RICARDO – Sua filha é muito bonita, Dona Susana, isso é de família?
MARTA (enciumada) – Ricardo!
SUSANA – Pois é.
 
Durante a janta, a empregada derruba sem querer vinho no vestido de Marta.
 
SUSANA (irritada) – Você é uma imprestável, saia já daqui.
MARTA – AÍ MEU VESTIDO!! FOI UMA FORTUNA.
MATHEUS – Mãe, fica calma.
SUSANA – Vamos lá, eu vou te emprestar uma roupa pra você vestir, desculpa o ocorrido.
 
Ricardo fica impressionado com a beleza de Susana.
 
Enquanto isso Matheus e Isabela vão para o quarto.

Admin
Admin

Mensagens : 182
Data de inscrição : 03/10/2014

Ver perfil do usuário http://proprio.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum